Retenção de líquido: sintomas e tratamento

dezembro 27, 2017
Tereza Zanchi
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

 

A retenção de líquido é o nome popular que descreve o inchaço no corpo ou em partes dele.

 

É comum as pessoas sentirem que estão “retendo líquidos”. As pernas inchadas no final do dia, com marcas de pressão das meias ou dos sapatos, são um exemplo de edema ou retenção de líquido.

 

Este problema é causado pelo acúmulo anormal de líquidos dentro dos tecidos do organismo, sendo mais frequente em mulheres durante a menstruação ou a gravidez. Geralmente isso acontece no rosto, pernas e costas, provocando o inchaço da região afetada e também a diminuição da quantidade de urina.

 

Se você sofre com sintomas de retenção de líquido deve procurar um médico clínico geral para fazer exames e identificar a causa do problema.

 

Causas

 

A retenção de líquido pode ter causas diferentes de pessoa para pessoa, mas essas são algumas das principais causas:

 

  • Sedentarismo
  • Sobrepeso e Obesidade;
  • Tabagismo;
  • Alimentação inadequada;
  • Bebidas alcóolicas;
  • Períodos de grande variação hormonal;
  • Problemas renais, cardíacos ou hepáticos;
  • Doenças da tireoide;
  • Remédios, como alguns anti-hipertensivos, que podem alterar a permeabilidade dos vasos sanguíneos;
  • Reações inflamatórias, como as que ocorrem em reações alérgicas, que alteram a capacidade dos vasos de manter-se competentes contra o extravasamento líquido.

 

Na maioria das vezes, porém, os pequenos inchaços têm causa local, como a circulação regional insuficiente.

 

Tratamento

 

O diagnóstico da retenção de líquido baseia-se na avaliação médica do quadro clínico. Pode ser necessário também pedir alguns exames de sangue que dosam a quantidade de sais e proteínas, assim como uma avaliação cardíaca, hepática, renal, imunológica e tireoidiana.

 

Para cada tipo de inchaço deve haver uma causa, que requer um tratamento específico. No entanto, algumas atitudes simples podem ajudar a reduzir a retenção de líquido, como:

 

  • Beber cerca de 2 litros de água por dia, para facilitar o funcionamento dos rins;
  • Fazer exercício físico regular, de pelo menos 30 minutos por dia;
  • Evitar ficar muito tempo em uma mesma posição: de , sentado ou com as pernas cruzadas;

 

Experimente a Drenomodeladora, técnica que combina movimentos da Drenagem Linfática para eliminar líquidos e toxinas com a Massagem Modeladora.

 

Conheça e agende seus horário!

Sem Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CLOSE
CLOSE